As nanopartículas de prata afetam às algas

As nanopartículas de prata afetam às algas

Tem sido desde há muito conhecido que, na forma de iões livres, as partículas de prata podem ser altamente tóxicas para os organismos aquáticos.

No passado, oa prata poderia ser encontrada no ambiente perto de minas ou áreas próximas às indústrias de fotografia, mas nunca tinha sido um grave problema ambiental e, portanto, os efeitos deste tóxicos nos organismos não foi suficientemente estudado.

No entanto, recentemente, as nanopartículas de prata se tornaram um ingrediente muito comum em cosméticos, embalagens de alimentos, desinfetantes e roupas; e o estudo dos seus efeitos tóxicos tornou-se importante.

Cientistas suíços do Aquatic Research Institute (Eawag) têm publicado na PNAS um trabalho no qual algas marinhas foram submetidas a uma gama de concentrações de nanopartícuas de prata. O resultado foi que, até mesmo em pequenas doses, se inibe a fotossíntese e reduze a taxa de crescimento a só a metade em apenas 15 minutos.

Más información: http://www.eawag.ch/medien/bulletin/20140225/index_EN

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.