Modelo brasileiro de mudanças climáticas globais

Modelo brasileiro de mudanças climáticas globais

Pesquisadores de diversas instituições integrantes do Programa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) Pesquisa em Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG), da Rede Brasileira de Pesquisa em Mudanças Climáticas Globais (Rede Clima) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Mudanças Climáticas (INCT-MC), concluíram a versão preliminar do Modelo Brasileiro do Sistema Terrestre (BESM, na sigla em inglês).

Alguns dos primeiros resultados de simulações feitas com o novo modelo foram apresentados no Workshop sobre o BESM, realizado no dia 19 de fevereiro, na FAPESP.

O novo modelo possibilitou melhorar a previsão de precipitação no Atlântico Sul e na América do Sul. Outro resultado foi a constatação de que o desmatamento da Amazônia aumenta a possibilidade de ocorrência de El Ninõ.

Mais informação: http://www.io.usp.br/tiki-read_article.php?articleId=427

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.