Novo recorde de imersão de um cetáceo

Novo recorde de imersão de um cetáceo

Cientistas do Cascadia Research Collective registaram a maior imersão feita por uma baleia de Cuvier (Ziphius cavirostris), que mergulhou a cerca de 2.000 metros de profundidade por mais de duas horas.
Neste estudo, publicado na revista PLoS ONE, os cientistas analisaram dados de emissores via satélite, que registaram o comportamento de mergulho de oito dessas baleias na costa sul da Califórnia. Os investigadores recolheram mais de 3.700 horas de dados de mergulho, incluindo a profundidade e o tempo de cada imersão.

Foram registados 1 100 mergulhos profundos, com uma profundidade média de 1.400 m, e 5.600 mergulhos rasos, com uma profundidade média de 270 metros. A imersão mais profunda atingiu cerca de 2.000 metros e durou 137 minutos.

Mais informação: http://www.cascadiaresearch.org/reports/Schorretal2014.pdf

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.